Venda de imóveis cresce em São Paulo



Segundo pesquisa do Secovi-SP (Sindicato da Habitação), São Paulo teve alta de 9,6% na venda de imóveis novos. No acumulado, a cidade comercializou 7.888 unidades. O número de lançamentos também foi maior, cerca de 10,3% em relação ao 1º semestre de 2016.

Atualmente, o estoque de imóveis à venda na planta, em construção e prontos é de 21.043, aproximadamente 14,5% a menos que no mesmo período que o ano anterior. O sindicato projeta ainda que haja um crescimento de 10% até o final do ano.

O barateamento dos empréstimos para compra de imóveis, por causa dos cortes na Selic, é um dos principais motivos que estão estimulando o mercado imobiliário. Para a instituição, o resultado foi positivo e indica a recuperação da economia. Mas ainda são necessárias algumas mudanças no Plano Diretor para motivar os empreendedores a projetar novos imóveis.